sábado, 15 de maio de 2010

Assistência aos Peregrinos de Nossa Senhora de Fátima






Desenvolveu-se mais uma campanha de assistência aos peregrinos, entre os dias 6 e 11 de Maio.


Com postos posicionados, a norte de Fátima, em Águeda, Santa Luzia (Coimbra), Condeixa, Barracão, Caranguejeira, Santa Catarina da Serra e a Sul em Coruche, Alcanhões e Constância.


Com um importante apoio logístico do Exército Português, que cedeu e montou as tendas de campanha/dormitórios para os peregrinos, foram envolvidos 28 militares e diversos meios de transporte e logística da Escola Prática de Serviços - Póvoa de Varzim, Regimento de Infantaria de Viseu, Regimento de Cavalaria 6 - Braga e Regimento de Artilharia 4 de Leiria.

Contou-se ainda com a importante colaboração dos Bombeiros Voluntários da Vila das Aves, Câmara Municipal de Águeda, Pingo Doce de Águeda, Bombeiros Voluntários de Águeda, Junta de Freguesia de Barcouços, Colégio de Nª Sª Conceição, Irmãs Hospitaleiras - Condeixa, Junta de Freguesia de Colmeias, Reverendo Pároco de Colmeias, Bombeiros Voluntários de Leiria, Junta de Freguesia de Santa Catarina da Serra e Reverendo Pároco de Santa Catarina da Serra e patrocínios e ajuda de várias Instituições, nomeadamente Grupo JERÒNIMO MARTINS, BRISA, CABELTE, NORDESFER, ESCOL, NORMAX, ASSOCIAÇÃO PORTUGUESA DE FARMÁCIAS e vários estabelecimentos de saúde que cederam pessoal médico e de enfermagem.

Neste dias de assistência foram tratados cerca de 2 640 peregrinos, tendo sido dadas 731 dormidas e cerca de 200 refeições. Foram fornecidos cerca de 1 500 l de água aos peregrinos, bem como coletes e pulseiras reflectoras oferecidas pela empresa Estradas de Portugal.

Transportou-se um peregrino ao Hospital e foram prestados cuidados médicos e dada medicação a 32 peregrinos.

As peregrinações organizadas bem como a existência de um maior número de organizações a prestar assistência aos longo dos caminhos de Fátima originam a diminuição do número de assistências efectuadas pelo CVOM, não diminuindo, antes reforçando, a forma dedicada e tecnicamente adequada que se coloca nesta obra hospitalária.

De realçar a celebração eucarística diária em cada posto, a que assistiram dezenas de peregrinos, bem como a assistência espiritual assegurada pela presença contínua de dois sacerdotes nos postos do Corpo de Voluntários da Ordem de Malta.

























Sem comentários:

Publicar um comentário