domingo, 3 de maio de 2020

Acção Anti COVID 19 LISBOA

Acções da Equipa de Voluntários do CVOM em Lisboa


A equipa de Voluntários da Ordem de Malta iniciou o trabalho de assistência às pessoas sem abrigo, em colaboração com a C.M. de Lisboa, no inicio de abril.
Encontrando-se junto desses irmãos mais necessitados, no Pavilhão da Tapadinha, onde em turnos diários, durante o dia ou a noite, se vão mantendo ao serviço de quem mais precisa, no sentido de lhes proporcionar um tecto e condições de maior defesa nesta pandemia que vivemos.
Nessa acção, têm sido disponibilizados alguns computadores portáteis e livros para ocupação do tempo.
Além dessa assistência, têm também desenvolvido, com a participação activa de membros da Ordem, uma série de acções de auxílio a pessoas necessitadas, nomeadamente ao Consulado Honorário do Brasil em Fátima, com a oferta de cabazes com produtos alimentares a cidadãos brasileiros em trânsito por Lisboa e à espera de condições para regressarem ao Brasil.
No apoio à Paróquia de Nª. Srª. da Assunção de Vialonga, em colaboração com o Banco Alimentar, foram recolhidos e entregues produtos alimentares para distribuição junto das 84 famílias carenciadas apoiadas pela mesma.
Foram, também, entregues à Paróquia, quatro computadores oferecidos pela companhia UNA SEGUROS e com a assistência técnica da HBPro - Serviços de Informática, com vista ao desenvolvimento da catequese juvenil.






sexta-feira, 3 de abril de 2020

Anti COVID 19 - Apoio aos Sem Abrigo no Hospital Joaquim Urbano - Porto


A acção iniciou-se no passado 24 de março, em permanência e em estreita colaboração com a Câmara Municipal do Porto que assegura a logística.
A nossa equipa de voluntários, recolhe os Irmãos que vivem nas Ruas do Porto levando-os para local seguro onde têm abrigo, alimentação e higiene, roupa lavada, uma cama e quem olhe por eles!
Na simplicidade de uma ajuda franca e coordenada, evita-se o contágio da terrível COVID 19 e permite-se uns dia de refúgio longe dos perigos da Rua.
Integrados no Plano de Contingência da cidade do Porto, os nossos voluntários enfrentam tudo em benefício dos que mais precisam!




sábado, 21 de março de 2020

Oração de quem Serve


Oração de quem Serve



Senhor Jesus, que nos chamaste a estar preparados nas fronteiras do serviço e do amor por todos: faz-Te presente entre nós, para que também nós possamos estar sempre presentes onde se escute o lamento de um Homem.

Faz-nos generosos na entrega, oportunos na acção e eficazes no socorro ao próximo. Instrumentos de Bem onde façamos falta.

Pedimos a Tua ajuda a Ti que És o Ideal das nossas vidas, e que vives e reinas pelos séculos dos séculos.



Amén

AJUDA COVID 19 - PORTO

Caros Voluntários,



Neste contexto de pandemia vivemos, a Camara Municipal do Porto veio, junto da Ordem de Malta, pedir ajuda no apoio aos sem abrigo. 
Esta população, considerado um segmento de risco, necessita de cuidados especiais, nesta fase numa lógica de prevenção.

A C M Porto vai recolher cerca de 40 pessoas sem abrigo, no Antigo Hospital Joaquim Urbano a partir da próxima terça-feira, para garantir que estas pessoas se mantêm na medida do possível afastados de potenciais fontes de contágio de COVID-19.

Dentro desta iniciativa a C M Porto necessita de voluntários que estejam disponíveis a garantir o acompanhamento destas pessoas no Antigo Hospital, servindo as refeições, promovendo os cuidados de higiene, acompanhando socialmente e assegurando que estas pessoas se mantêm o mais possível dentro do perímetro daquelas instalações.

A escala de voluntariado que está a ser preparada compreende turnos de manhã (8h – 15h) e tarde (15h – 22h). 
Assim, importa agora conhecer a vossa disponibilidade para participarem nesta iniciativa que se iniciará na próxima terça-feira dia 24 e durará até Domingo dia 29 de Março. É necessário que cada voluntário se comprometa a assegurar pelo menos um turno (manhã ou tarde).

Será fornecido material de protecção (máscaras, luvas e avental), no entanto estaremos a falar numa população de risco e não uma população infectada.

Por isso, pedimos que confirmem se têm capacidade para assegurar algum/alguns dos turnos propostos e em que dias, sendo que será necessário garantir pelo menos dois voluntários por turno. Pedíamos o favor de comunicarem a vossa disponibilidade com a máxima brevidade para podermos organizar este serviço de apoio a quem realmente muito necessita.

Obrigado pela disponibilidade e esperamos ouvi-los em breve, de preferência até Domingo para conseguirmos organizar tudo


Enviar mensagem para cvom.geral@gmail.com

Abraços!